Após ação do MPTO, Estado inicia reforma e ampliação da ala psiquiátrica do HGP

Como resultado de ação judicial proposta pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO), o Estado do Tocantins iniciou a reestruturação da ala psiquiátrica do Hospital Geral de Palmas (HGP), com a finalidade de sanar irregularidades na estrutura física e na oferta dos serviços. As melhorias foram verificadas pelo promotor de Justiça Thiago Ribeiro Franco Vilela, da […]

Após ação do MPTO, Estado inicia reforma e ampliação da ala psiquiátrica do HGP

Como resultado de ação judicial proposta pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO), o Estado do Tocantins iniciou a reestruturação da ala psiquiátrica do Hospital Geral de Palmas (HGP), com a finalidade de sanar irregularidades na estrutura física e na oferta dos serviços.

As melhorias foram verificadas pelo promotor de Justiça Thiago Ribeiro Franco Vilela, da 19ª Promotoria de Justiça da Capital, em vistoria realizada nesta quinta-feira, 18, quando foi constatado o andamento da reforma, voltada a adequar a estrutura física e a garantir a segurança dos pacientes e profissionais de saúde.

Com a reforma, a ala psiquiátrica também terá seu número de leitos ampliados, passando dos 10 atuais para 24 leitos em funcionamento, sendo 10 destinados para pacientes do sexo feminino e 14 para pacientes do sexo masculino.

As melhorias atendem a uma sentença decorrente de ação civil pública proposta pela 19ª Promotoria de Justiça da Capital em outubro de 2020. A decisão judicial determinou a reforma do setor, o aumento do número de leitos e a contratação de mais servidores da área de saúde, bem como de seguranças.

Fonte: MP TO