ALE aprova auxílio-alimentação de R$ 553 para servidores da Sejus em Rondônia

Novo valor do auxílio foi aprovado pelos deputados estaduais. Reajuste no auxílio-alimentação foi de R$ 300. Todos os servidores da Sejus receberão o novo auxílio, diz estado Singeperon/Reprodução A Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE) aprovou, em sessão extraordinária na quarta-feira (22) um aumento de R$ 300 no auxílio-alimentação dos servidores efetivos da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). O Projeto de Lei Complementar para reajustar o auxílio foi elaborado pelo governo de Rondônia e enviado à Casa de Leis. Até este mês de dezembro, os servidores da Sejus recebiam R$ 253 por mês de auxílio para alimentação. Polícia Penal de Rondônia é oficialmente criada através de lei A partir de janeiro de 2022, agora com o reajuste aprovado pelos deputados, o auxílio-alimentação mensal passa a ser de R$ 553. Segundo a Secretaria de Justiça, todos os servidores lotados e em efetivo exercício, inclusive os lotados há dez anos, "farão jus ao novo auxílio-alimentação".

ALE aprova auxílio-alimentação de R$  553 para servidores da Sejus em Rondônia

Novo valor do auxílio foi aprovado pelos deputados estaduais. Reajuste no auxílio-alimentação foi de R$ 300. Todos os servidores da Sejus receberão o novo auxílio, diz estado Singeperon/Reprodução A Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE) aprovou, em sessão extraordinária na quarta-feira (22) um aumento de R$ 300 no auxílio-alimentação dos servidores efetivos da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). O Projeto de Lei Complementar para reajustar o auxílio foi elaborado pelo governo de Rondônia e enviado à Casa de Leis. Até este mês de dezembro, os servidores da Sejus recebiam R$ 253 por mês de auxílio para alimentação. Polícia Penal de Rondônia é oficialmente criada através de lei A partir de janeiro de 2022, agora com o reajuste aprovado pelos deputados, o auxílio-alimentação mensal passa a ser de R$ 553. Segundo a Secretaria de Justiça, todos os servidores lotados e em efetivo exercício, inclusive os lotados há dez anos, "farão jus ao novo auxílio-alimentação".