Agentes da PRF transformam viatura em câmara de gás e matam homem por asfixia em Sergipe

Um crime cometido por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) causou indignação nos moradores de Umbaúba, litoral sul de Sergipe, na quarta-feira (27). Um homem negro morreu asfixiado após policiais o colocarem dentro do porta-malas e lançarem uma bomba de gás dentro da viatura, transformando o veículo em uma câmara de gás que relembra às […] O post Agentes da PRF transformam viatura em câmara de gás e matam homem por asfixia em Sergipe apareceu primeiro em Hora do Povo.

Agentes da PRF transformam viatura em câmara de gás e matam homem por asfixia em Sergipe

Um crime cometido por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) causou indignação nos moradores de Umbaúba, litoral sul de Sergipe, na quarta-feira (27). Um homem negro morreu asfixiado após policiais o colocarem dentro do porta-malas e lançarem uma bomba de gás dentro da viatura, transformando o veículo em uma câmara de gás que relembra às usadas pelos nazistas.

A vítima é Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos. Seu sobrinho, Wallyson de Jesus, presenciou a situação e esclareceu que o tio era portador de esquizofrenia. “Eles pediram para que ele levantasse as mãos e encontraram no bolso dele cartelas de medicamentos. Meu tio ficou nervoso e perguntou o que tinha feito. Eu pedi que ele se acalmasse e que me ouvisse”, relatou Wallyson.

Nas imagens gravadas pela população, é possível ver Genivaldo ser rendido por dois policiais. Ele está no chão e depois é colocado no porta-malas da viatura.

Enquanto um dos policiais segura a tampa do porta-malas para assegurar que ela continue fechada, o outro joga, dentro do espaço fechado, grande quantidade de gás. Quando o compartimento é aberto de novo, o homem já não se mexe mais.

“Eles jogaram um tipo de gás dentro da mala, foram para delegacia, mas meu tio estava desacordado. Diante disso, os policiais levaram ele para o hospital, mas já era tarde”, relatou o sobrinho.