Advogado de brasileira presa na Tailândia estuda pedir perdão real

Telêmaco Marrace afirmou que há também a possibilidade de um recurso para a Corte alegando superlotação e bom comportamento do condenado

Advogado de brasileira presa na Tailândia estuda pedir perdão real
Mary Hellen foi condenada a nove anos de prisão na Tailândia Reprodução - 13.05.2022

"Fizemos a instrumentalização do processo com documentos enviados sobre os antecedentes da Mary Hellen", disse Marrace.

"A lei tailandesa define um terço como um dos requisitos. No momento seria isso. Mas além do perdão real, existe o recurso para a Corte. Após o julgamento do recurso para a Corte, existe (a possibilidade) de da diminuição, uma espécie de redução da pena. Motivos para a redução: superlotação e bom comportamento do condenado."

Leia mais...