Aborto legal: feto da menina de 11 anos foi recolhido pela polícia

Mirela Alberton alegou 'suspeição' no último dia 30. Ela, que é investigada pela corregedoria do MP, tentou convencer a garota a manter a gravidez

Aborto legal: feto da menina de 11 anos foi recolhido pela polícia
Promotora Mirela Dutra AlbertonReprodução - 06/07/2022

Isso porque a promotora Mirela Dutra Alberton, do Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), conseguiu na Justiça uma autorização para que o feto fosse recolhido por policiais científicos do Instituto Geral de Pesquisas (IGP) no Hospital Universitário de Florianópolis, para realização de uma perícia encomendada por ela.

O GLOBO apurou com fontes que uma das questões que o MP ainda busca solucionar é em relação à paternidade. Apesar da investigação da delegacia de Tijucas (SC) ter concluído que a menina engravidou de uma outra criança, de 13 anos, que vivia na mesma casa, um teste de DNA busca comprovar ou não de vez a história.

Leia mais...