Abertura de novas repartições consulares do Brasil no exterior

Foi publicado, hoje, decreto que cria os Consulados-Gerais do Brasil em Chengdu (República Popular da China), Edimburgo (Reino Unido da Grã Bretanha e Irlanda do Norte) e Marselha (República Francesa). Foi também criado, pelo mesmo ato, o Vice-Consulado em Orlando (Estados Unidos da América). O decreto amplia a rede consular brasileira no exterior, em particular […]

Abertura de novas repartições consulares do Brasil no exterior

Foi publicado, hoje, decreto que cria os Consulados-Gerais do Brasil em Chengdu (República Popular da China), Edimburgo (Reino Unido da Grã Bretanha e Irlanda do Norte) e Marselha (República Francesa). Foi também criado, pelo mesmo ato, o Vice-Consulado em Orlando (Estados Unidos da América).

O decreto amplia a rede consular brasileira no exterior, em particular em regiões onde há expressiva presença da comunidade brasileira. Demonstra o compromisso do governo brasileiro de aperfeiçoar e aproximar dos brasileiros residentes no exterior a prestação de serviços e assistência consular. Os novos postos também atuarão nas áreas de promoção comercial e cultural e de ciência e tecnologia, em defesa dos interesses do País.

O Vice-Consulado a ser aberto em Orlando, para atuar em região onde residem cerca de 180 mil brasileiros, terá estrutura reduzida e será subordinado ao Consulado-Geral em Miami. Seus custos serão menores que os de um consulado-geral, sem prejuízo da qualidade dos serviços.

A instalação das novas repartições consulares ocorrerá após a anuência dos governos locais. 

A abertura desses postos demonstra o empenho do Ministério das Relações Exteriores em adequar-se ao aumento da comunidade brasileira no exterior, estimada em 4,2 milhões de pessoas, segundo levantamento feito pelo Itamaraty [https://www.gov.br/mre/pt-br/assuntos/portal-consular]. 

O Brasil conta hoje com 191 repartições que prestam serviços consulares, entre embaixadas, consulados-gerais, consulados e vice-consulados.