'Abbey Road do Piseiro': Os planos do Sua Música para seguir antecipando sucessos do forró

Empresa de streaming forte no Nordeste abre estúdios de gravação e de clipes em Fortaleza. Estrutura semelhante deve ser montada em Recife e Salvador para encontrar novos talentos. Japãozinho, do hit 'Carinha de Neném', é um artista do Sua Música Records Divulgação O Sua Música já foi chamado de "Spotify do arrocha" pelo g1 em 2018 e de "Kondzilla do forró", em referência à produtora paulistana de funk, quando começou os trabalhos como gravadora, agência e distribuidora de música no começo deste ano. O próximo passo é ser a "Abbey Road do piseiro" com a inauguração do Sua Música Space, em Fortaleza. O espaço de 1,2 mil metros quadrados tem três estúdios de gravação, uma área externa com palco para eventos e gravação de clipes, além de um ambiente todo "instagramável". "A ideia é fazer um hub de criação de conteúdo tanto para artistas quanto para digital influencers. O artista pode vir aqui gravar conteúdo, áudio, música, vídeo, clipe", explica Roni Maltz, CEO da empresa conhecida por antecipar sucessos do forró como os do podcast abaixo. Muito forte no Nordeste, a plataforma costuma ser lançar tendências de maneira certeira no forró, arrocha, brega e, agora, no piseiro. Os primeiros trabalhos de João Gomes e Tarcísio do Acordeon, por exemplo, bombaram no Sua Música antes de entrar com força total em outras plataformas. A meta é continuar descobrindo e promovendo novos talentos do Nordeste. Depois do investimento de R$ 2 milhões para construir o Space em Fortaleza, espaços semelhantes devem ser inaugurados em Recife em 2022 e em Salvador no ano seguinte. "O foco é gravar gente nova, conhecer novos artistas para fomentar a cena local. É mais focado em artistas emergentes". Dos shows ao streaming Sua Música abre espaço de gravação de clipes e de música em Fortaleza; investimento foi de R$ 2 milhões Divulgação O Sua Música começou como um site que disponibilizava shows ao vivo de forró em 2010. Com o passar do tempo, virou site e hoje é um streaming de música com mais de 10 milhões de ouvintes e 400 milhões de steams por mês. Só em 2021, mais de 5,5 milhões de novos usuários na plataforma entraram no aplicativo. A empresa é uma grande vitrine para novos talentos do Nordeste e tem um público bem segmentado nos estilos mais populares da região. É também uma ferramenta para artistas como Wesley Safadão e Xand Avião. Artistas já consolidados costumam lançar álbuns gravados de forma mais informal em shows ou lives como termômetro para o que vai seguir ou não no repertório "oficial". A prática acontece com muita frequência no mercado do forró. Antes, isso acontecia com os "CDs promocionais", e, até hoje, o termo é usado na plataforma. As apostas para 2022 Objetivo do Sua Música Space é desenvolver a cena local de Fortaleza e encontrar novos artistas; são três estúdios de gravação Divulgação Neste ano, contratar artistas passou a fazer parte dos planos. Japãozin, Irmãs Brusaca, Jarly Almeida e Eduarda Brasil, vencedora do The Voice Kids em 2018, são os primeiros artistas da casa. "Carinha de Neném", primeiro hit de Japãozin, está entre as 50 músicas mais ouvidas no Spotify, bombou no TikTok e tem presença garantida no repertório de boa parte dos cantores de forró. O cantor de 27 anos nasceu em São Paulo, mas foi criado em Campina Grande (PB) e se dedicava ao rap e ao funk até virar o "Brabo dos Paredões", quando foi contratado em agosto. Maltz diz que eles devem continuar investindo em novas promessas do forró em 2022. O jogo é tão sério que o executivo até faz charme ao ser perguntado sobre as próximas apostas do piseiro. Ele diz não citar nomes que estejam em negociação. 2022 pode ser ainda melhor para o forró? A pisadinha, gênero derivado do forró eletrônico, se destacou durante a pandemia e fez com que o forró voltasse a dominar as paradas nos streamings do Brasil. É o melhor momento do gênero desde o começo dos anos 2000, quando o forró eletrônico de Calcinha Preta, Aviões do Forró e outras dezenas de bandas eram a sensação no país. Da internet, saíram artistas que começaram a rodar o país com seus hits a partir do momento em que as cidades voltaram a permitir grandes eventos. Da esquerda, acima: Rodrigo Barão, Felipe Barão, Zé Vaqueiro, João Gomes, Tarcísio do Acordeon, Biu do Piseiro, Nattan e Vittor Fernandes, novos astros do forró pisadinha Divulgação João Gomes, Barões da Pisadinha, Tarcísio do Acordeon, Mari Fernandez, Vitor Fernandes, Nattan, Ávine Vinny ganharam o mainstream e têm agendas disputadas. Para o empresário, 2022 vai ser "o ano de colher tudo que foi plantado na pandemia". "O piseiro vai ficar, a gente tem certeza que não é um momento passageiro", opina Maltz. VÍDEO: Entrevista com João Gomes, sensação do piseiro João Gomes, fenômeno do forró de vaquejada, fala sobre "Meu pedaço de pecado"

'Abbey Road do Piseiro': Os planos do Sua Música para seguir antecipando sucessos do forró

Empresa de streaming forte no Nordeste abre estúdios de gravação e de clipes em Fortaleza. Estrutura semelhante deve ser montada em Recife e Salvador para encontrar novos talentos. Japãozinho, do hit 'Carinha de Neném', é um artista do Sua Música Records Divulgação O Sua Música já foi chamado de "Spotify do arrocha" pelo g1 em 2018 e de "Kondzilla do forró", em referência à produtora paulistana de funk, quando começou os trabalhos como gravadora, agência e distribuidora de música no começo deste ano. O próximo passo é ser a "Abbey Road do piseiro" com a inauguração do Sua Música Space, em Fortaleza. O espaço de 1,2 mil metros quadrados tem três estúdios de gravação, uma área externa com palco para eventos e gravação de clipes, além de um ambiente todo "instagramável". "A ideia é fazer um hub de criação de conteúdo tanto para artistas quanto para digital influencers. O artista pode vir aqui gravar conteúdo, áudio, música, vídeo, clipe", explica Roni Maltz, CEO da empresa conhecida por antecipar sucessos do forró como os do podcast abaixo. Muito forte no Nordeste, a plataforma costuma ser lançar tendências de maneira certeira no forró, arrocha, brega e, agora, no piseiro. Os primeiros trabalhos de João Gomes e Tarcísio do Acordeon, por exemplo, bombaram no Sua Música antes de entrar com força total em outras plataformas. A meta é continuar descobrindo e promovendo novos talentos do Nordeste. Depois do investimento de R$ 2 milhões para construir o Space em Fortaleza, espaços semelhantes devem ser inaugurados em Recife em 2022 e em Salvador no ano seguinte. "O foco é gravar gente nova, conhecer novos artistas para fomentar a cena local. É mais focado em artistas emergentes". Dos shows ao streaming Sua Música abre espaço de gravação de clipes e de música em Fortaleza; investimento foi de R$ 2 milhões Divulgação O Sua Música começou como um site que disponibilizava shows ao vivo de forró em 2010. Com o passar do tempo, virou site e hoje é um streaming de música com mais de 10 milhões de ouvintes e 400 milhões de steams por mês. Só em 2021, mais de 5,5 milhões de novos usuários na plataforma entraram no aplicativo. A empresa é uma grande vitrine para novos talentos do Nordeste e tem um público bem segmentado nos estilos mais populares da região. É também uma ferramenta para artistas como Wesley Safadão e Xand Avião. Artistas já consolidados costumam lançar álbuns gravados de forma mais informal em shows ou lives como termômetro para o que vai seguir ou não no repertório "oficial". A prática acontece com muita frequência no mercado do forró. Antes, isso acontecia com os "CDs promocionais", e, até hoje, o termo é usado na plataforma. As apostas para 2022 Objetivo do Sua Música Space é desenvolver a cena local de Fortaleza e encontrar novos artistas; são três estúdios de gravação Divulgação Neste ano, contratar artistas passou a fazer parte dos planos. Japãozin, Irmãs Brusaca, Jarly Almeida e Eduarda Brasil, vencedora do The Voice Kids em 2018, são os primeiros artistas da casa. "Carinha de Neném", primeiro hit de Japãozin, está entre as 50 músicas mais ouvidas no Spotify, bombou no TikTok e tem presença garantida no repertório de boa parte dos cantores de forró. O cantor de 27 anos nasceu em São Paulo, mas foi criado em Campina Grande (PB) e se dedicava ao rap e ao funk até virar o "Brabo dos Paredões", quando foi contratado em agosto. Maltz diz que eles devem continuar investindo em novas promessas do forró em 2022. O jogo é tão sério que o executivo até faz charme ao ser perguntado sobre as próximas apostas do piseiro. Ele diz não citar nomes que estejam em negociação. 2022 pode ser ainda melhor para o forró? A pisadinha, gênero derivado do forró eletrônico, se destacou durante a pandemia e fez com que o forró voltasse a dominar as paradas nos streamings do Brasil. É o melhor momento do gênero desde o começo dos anos 2000, quando o forró eletrônico de Calcinha Preta, Aviões do Forró e outras dezenas de bandas eram a sensação no país. Da internet, saíram artistas que começaram a rodar o país com seus hits a partir do momento em que as cidades voltaram a permitir grandes eventos. Da esquerda, acima: Rodrigo Barão, Felipe Barão, Zé Vaqueiro, João Gomes, Tarcísio do Acordeon, Biu do Piseiro, Nattan e Vittor Fernandes, novos astros do forró pisadinha Divulgação João Gomes, Barões da Pisadinha, Tarcísio do Acordeon, Mari Fernandez, Vitor Fernandes, Nattan, Ávine Vinny ganharam o mainstream e têm agendas disputadas. Para o empresário, 2022 vai ser "o ano de colher tudo que foi plantado na pandemia". "O piseiro vai ficar, a gente tem certeza que não é um momento passageiro", opina Maltz. VÍDEO: Entrevista com João Gomes, sensação do piseiro João Gomes, fenômeno do forró de vaquejada, fala sobre "Meu pedaço de pecado"